Dois dias em Doi Mae Salong

Às dez da manhã, a mochila estava pronta: duas bermudas, uma camiseta, cuecas e meias, medicamentos e produtos para higiene pessoal, caderno, caneta, computador, celular, câmera, uma garrafa d’água, o biscoito vagabundo que ganhara no ônibus para Chiang Rai e, claro, as duas capas de chuva, uma para a mochila a outra para mim.

Smartphones

Gerenciado por três sócios holandeses, um deles casado com uma bonita moça local que embalava sua ainda mais apaixonante filha, o lugar era bem bonito. Apesar do preço um pouco acima do padrão tailandês, a cerveja e a comida (minha primeira pizza em dois meses, se não estou mentindo) eram boas e as cinco doses … Continuar lendo Smartphones