Lee Dorrian é o maior frontman da paróquia

Não chegou a ser um dilema: entre pagar 20 reais a dose de whisky em São Paulo e ter que dividir espaço com fã do André Matos em Varginha, preenchi sem dó a comanda do Manifesto Bar. Pouca gente, lugar pequeno e aquela sensação de que o bar paulista é realmente um lugar bem cagado, desses que fazem competição de melhor guitarrista valendo videoaula autografada pelo Andreas Kisser.

Mas que grande felicidade ter visto o Cathedral ao vivo.

 

Publicado por Eduardo Z.

“That's one thing Earthlings might learn to do, if they tried hard enough: Ignore the awful times and concentrate on the good ones."

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: