O site do seu restaurante é um lixo, sério

Curto bastante sair comer em lugares diferentes. Quando planejo ir a um inédito – atualmente, meu lugar favorito para descobertas é a página Curitiba – Baixa Gastronomia no Facebook –, sempre procuro dar uma olhada no site do restaurante ou do boteco. Às vezes você quer ligar antes, ver se é necessário reservar lugares, se eles aceitam cartões ou só quer mesmo perder um tempo vendo como é o ambiente do alvo escolhido. E é aí que começa a frustração.

Melhor começar pelo importante: sites de restaurantes, em sua violenta maioria, são um lixo. O site do seu restaurante, me desculpe a franqueza, tem enormes chances de ser um lixo também. A página de apresentação, a música irritante tocada automaticamente, aqueles barulhinhos quando eu passo o mouse pelo menu, o cardápio porcamente jogado e, principalmente, a dificuldade para encontrar um mísero endereço ou um telefone para contato, tudo é triste demais. E quase sempre os sites de restaurantes modestos são bem mais diretos que os de hamburguerias chiques, restaurantes italianos ou estabelecimentos de comida oriental. Por esses últimos, por sinal, nutro um ódio bizarro, algo que beira a doença, tamanha a frustração que sinto ao tentar, por minutos, achar até a mais básica das informações.

Foi por isso que me encantei quando vi o Better Restaurant Websites. O site consegue listar, de forma simples e elegante, todas as minhas (e acredito que as suas também) angústias virtuais. São inúmeras dicas, de integrações com redes sociais, tratamento de fotografias e criação de uma versão para smartphones, todas elas pensadas para melhorar a experiência que seus clientes tem com a sua marca na internet. E mais importante que isso, bem mais importante, são as sugestões do que não fazer. Sim, musiquinhas, sites em flash e os malditos cardápios em PDF são como o demônio. Evite com força.

Happiness is a warm site de restaurante sem cardápio em pdf

O Better Restaurant faz parte de um projeto maior, o happytables, ideia do desenvolvedor WordPress Noel Tock. O happytables nada mais é que um backend para o WordPress especialmente criado para donos de bares e restaurantes. O trabalho é bacana demais. De informações do restaurante a criação do cardápio em diferentes layouts, tudo é muito prático e especialmente pensado para o dono do local que, convenhamos, não deve ter como função mexer em HTML ou PHP. A configuração é extremamente simples: já no dashboard modificado do WordPress, é possível fazer upload da logo, inserir a sua localização exata e começar a editar os menus e, a partir daí, preencher campos pertinentes sobre o negócio, como tipo da cozinha, valor médio, formas de pagamento e, muito importante, os pratos servidos. Tudo muito fácil, melzinho na chupeta.

Só não esqueça: quando aceitar fazer o site daquela temakeria descolada, consulte o Better Restaurant Websites. Aliás, consulte duas vezes. O dono do estabelecimento te agradecerá no futuro. Quer dizer, a não ser que ele goste de animações e barulhinhos. Se esse for o caso, largue a brincadeira enquanto é tempo. Talvez ele não goste de novos clientes também.

Publicado por Eduardo Z.

“That's one thing Earthlings might learn to do, if they tried hard enough: Ignore the awful times and concentrate on the good ones."

Participe da discussão

1 comentário

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: