Paul Miller não aprendeu muita coisa

Paul Miller, um ano atrás, desconectara da internet. Alegando estar exausto com a quantidade de informação e com as constantes interrupções modernas (celulares apitando, posts sendo curtidos, menções no Twitter etc), Miller, redator de tecnologia do The Verge, aceitou o desafio de ficar um ano offline. A vontade de se encontrar novamente, de reconectar-se e de ser uma pessoa melhor acabou se transformando, ao final da experiência, em uma conclusão negativa. O problema? Bem, o problema talvez tenha sido esse aqui:

Meu plano era me demitir, ir morar com meus pais, ler livros, escrever livros e me chafurdar em meu tempo livre.

Francamente, isso não soa como um plano. Sem um plano de verdade, sem um objetivo, tudo se perde, e até mesmo um experimento tão bacana como esse acaba sendo engolido pelos mesmos velhos hábitos. Miller demorou um ano para perceber que não se pode culpar as circunstâncias. Você não precisa do melhor lápis para começar a desenhar; você só precisa desenhar.

Publicado por Eduardo Z.

“That's one thing Earthlings might learn to do, if they tried hard enough: Ignore the awful times and concentrate on the good ones."

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: