Mas o que a Estonia alcançou faz os californianos do norte parecerem retardatários: apesar de apenas metade do país possuir uma linha de telefone em 1991, em 1997, 97 por cento das escolas estonianas estavam online. Em 2000, as reuniões de gabinete eram feitas sem papel. Em 2002, o governo construiu uma rede Wi-Fi gratuita […]

Pesquisa com os participantes da manifestação do dia 12 de abril de 2015

No Facebook, tem circulado uma pesquisa feita pelo professor Pablo Ortellado, da USP, e pela professora Esther Solano, da UNIFESP, sobre o perfil dos manifestantes que participaram da marcha de 12 de abril de 2015 que, queira ou não, foi marcada por basicamente uma bandeira: o pedido de impeachment da presidente. É meio assustador verificar como os […]

Sete anos no Tibet

Embora eu tenha aprendido, na Ásia, como meditar, a resposta final para o enigma da vida não foi concedida a mim. Porém, pelo menos aprendi a contemplar os acontecimentos da vida com tranquilidade e não me deixar ser arremessado para frente e para trás pelas circunstâncias em um mar de dúvidas. Em Sete anos no Tibet, […]

Cibermundo: a política do pior

Não conhecia Paul Virilio, mas me interessei pela leitura quando soube de sua fama negativa e crítica com relação aos avanços das tecnologias de informação. Não sabia que o formato do livro seria um bate-bola com o jornalista Phillipe Petit, então senti falta de um maior trabalho em cima do tema. Além disso, não estando […]

“O ódio no Brasil”, por Leandro Karnal

Na minha experiência de professor, as salas de aula são divididas em grupos incomunicáveis e mutuamente hostis, que se agrupam por renda, forma física, melanina e opção [sic] sexual em grupos mais ou menos definidos na sala. Não se falam, não se gostam, riem quando um entra e debocham uns dos outros. Eis que um […]

Como atualizar a democracia para a era da Internet?

Neste interessante vídeo, Pia Mancini explica como o DemocracyOS, ferramenta desenvolvida em Buenos Aires, pode ajudar a diminuir os espaços entre leis, representantes públicos e a sociedade civil. De código aberto, o DemocracyOS já está sendo usado em São Paulo através da plataforma #EuVoto.

“Por que a privacidade é importante”, por Glenn Greenwald

https://embed-ssl.ted.com/talks/lang/pt-br/glenn_greenwald_why_privacy_matters.html É igualmente fundamental o fato de que o nível de liberdade de um sociedade não está em como ela trata seus cidadãos bons, obedientes e submissos, mas em como ela trata seus dissidentes e aqueles que resistem ao ortodoxo.

Manual de sobrevivência pós-eleições composto por apenas uma boa prática

Vai ser difícil, eu sei, mas se poupe, por um momento, das coisas preconceituosas: não leia mensagens de ódio, não propague mensagens de ódio. Porém, caso você tenha contato com essa doença que alguns insistem em chamar de liberdade de expressão, faça a sua parte e denuncie.